Sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário de Estância Velha recebem fiscalizações


A Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento (Agesan-RS) realizou, ontem e hoje (8), pela primeira vez, ações de fiscalização em Estância Velha, município que recentemente passou a ser regulado pela agência. Além da tomada de conhecimento dos sistemas existentes, foram verificadas a eficiência da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Nova Estância e as condições de operação do local, as instalações de 14 reservatórios e nove pontos de pressões disponíveis na rede de distribuição de água, oito elevatórias de água tratada e três poços de abastecimento.


O diretor de Regulação, engenheiro Tiago Luis Gomes, explica que Estância Velha faz parte de um dos sistemas integrados mais importantes da Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), pois a água é produzida em Campo Bom e distribuída para outras duas cidades: Sapiranga e Portão. “O município também conta com uma Estação de Tratamento com um sistema interessante, denominado valos de oxidação, que tem origem em uma concepção holandesa da década de 70, conhecido como Carroussel e que vem ao encontro das necessidades da licença ambiental”, comenta Gomes.


Ele acrescenta que o desafio é a utilização dos instrumentos legais existentes para ampliar as ligações de esgoto na rede separadora absoluta, a fim de que sejam coletados, transportados e tratados da ETE.


O trabalho foi conduzido pelos fiscais Mayara Oliveira dos Santos e Daniel Luz dos Santos e acompanhado pelos representantes da Corsan, o engenheiro químico responsável e ex-diretor de operações Eduardo Carvalho e o gerente Marco Prade. Pela prefeitura do município, participou o geólogo Marcus Begossi.



35 visualizações

AGESAN RS - AGÊNCIA REGULADORA INTERMUNICIPAL DE SANEAMENTO DO RIO GRANDE DO SUL

Av. Guilherme Schell, 5626 - Sala 201 -  Canoas | RS

Horário de atendimento:

Seg a Sex, das 9h às 12h e das 13h30min às 17h