Agesan-RS apresenta case sobre resíduos sólidos em encontro internacional de Portugal


Representantes da Agência Reguladora Intermunicipal de Saneamento do Rio Grande do Sul (Agesan-RS) estão participando, nesta semana, do Benchmarking Internacional Resíduos Sólidos de Portugal − Programa XIII Edição. O país europeu é o segundo melhor modelo mundial na gestão de resíduos. O diretor geral da agência, Demétrius Jung Gonzalez, foi convidado a abordar o tema “O modelo regulatório e tarifário de gestão de resíduos sólidos no Rio Grande do Sul”.


De acordo com Gonzalez, o objetivo foi apresentar o funcionamento de todo o sistema do modelo, desde a coleta de resíduos até a definição de tarifas, envolvendo questões como capacitação, normas e referências na regulação das sobras. “Já implantamos este procedimento pioneiro no Rio Grande do Sul de regulação e de fiscalização na cidade de Nova Hartz, além de mais 3 municípios”, comenta o diretor geral da Agesan-RS.


Na visita, o grupo gaúcho também realiza visitas a consórcios de municípios portugueses que fazem a gestão de resíduos. “Estamos conhecendo todo o processo, desde a incineração do lixo, até o tratamento biológico e produção de biogás, transformando o resíduo em energia”, conta Gonzalez. Segundo ele, a experiência busca verificar formas de melhorar a reciclagem e a separação do lixo, convertendo o lixo em recurso financeiro para os municípios.




40 visualizações0 comentário